8h às 18h

Segunda à sexta

(31) 3694-4425 / 99178-2422

Rua Pereira de Freitas, 84 . Sala 206 - Centro Cep 34000-288/ Nova Lima-MG

Comparar listagens

Preço de imóveis novos sobe 8,59% em Belo Horizonte e Nova Lima em 2019

Preço de imóveis novos sobe 8,59% em Belo Horizonte e Nova Lima em 2019

O preço médio de apartamentos novos em Belo Horizonte e Nova Lima, na região metropolitana, subiu 8,59% no ano passado, índice acima da inflação oficial do país no período, que ficou em 4,31%. O aumento se deve, principalmente, ao crescimento da demanda em um momento de redução da oferta de imóveis novos nas cidades – enquanto em dezembro de 2018 eram 4.141 disponíveis para venda, no último mês de 2019 eram 3.463, uma queda de 16,37%. Os dados foram divulgados ontem pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG).

“Há cerca de dois anos há um fenômeno em Belo Horizonte de vendas superiores a lançamentos, que têm caído por uma série de razões, como a dificuldade de aprovação de projetos e de encontrar terrenos na cidade. Isso pode se agravar muito em função do novo Plano Diretor, que traz regras mais restritivas para as construções”, diz o vice-presidente da área imobiliária do Sinduscon-MG, Renato Michel. Em 2019, os lançamentos na capital e em Nova Lima caíram 13% em comparação com o ano anterior, para 2.703. No período, foram 3.381 vendas.

Segundo Renato, os preços devem continuar em alta neste ano. Enquanto a oferta de imóveis novos deve cair na capital, os investimentos tendem a crescer em cidades da região metropolitana: no ano passado, mais de 65% dos lançamentos foram fora de Belo Horizonte. Enquanto Nova Lima atrai pessoas de classes média e alta, cidades como Ribeirão das Neves e Vespasiano oferecem imóveis mais baratos. “Para o mercado,  não é ruim, o construtor deixa Belo Horizonte e passa a investir no entorno. Mas a economia da cidade perde”, afirma.

Queda de juros contribui para aumento da demanda

A queda na taxa de juros também contribui para o aumento da demanda por imóveis. “Um contingente gigantesco de pessoas passa a ter perfil para assumir um financiamento. Os bancos nunca tiveram linhas de financiamento tão interessantes”, explica o gerente de vendas da Anuar Donato Consultoria Imobiliária, Tito Fantini.

Segundo ele, este é um bom momento para comprar um imóvel. “Ainda há preços razoáveis no mercado, mas o estoque está de fato acabando”, afirma.

Saiba mais

Em alta. Belo Horizonte é a capital do país que mais gerou empregos formais na construção em 2019. Mais da metade dos lançamentos e das vendas foram de imóveis de até R$ 400 mil.

Plano Diretor. Busca criar novas centralidades em BH. O ponto mais criticado pelo setor é o coeficiente de aproveitamento básico igual a 1, que permite construir em metros quadrados o equivalente à área do terreno. Quem quer construir mais paga uma contrapartida ao município, a outorga onerosa.

 

Fonte: Jornal “O Tempo”- https://www.otempo.com.br/opiniao/economia/preco-de-imoveis-novos-sobe-8-59-em-belo-horizonte-e-nova-lima-em-2019-1.2304894

Preço de imóveis novos sobe 8,59% em Belo Horizonte e Nova Lima em 2019

wrsi

Posts relacionados

3 Motivos para alugar sem fiador

Agilidade para o contrato ser aprovado – Seguro Fiança Diferente do fiador, essa modalidade é...

Continue lendo
por wrsi

Serviços úteis para venda e locação de imóveis

Se você pretende alugar ou vender um imóvel em Nova Lima irá precisar de utilizar alguns...

Continue lendo
por wrsi

Direitos dos Locatários

Na locação, sempre um direito se contrapõe a um dever entre as partes do contrato. Assim, a lei...

Continue lendo
por wrsi